Alok, Whindersson Nunes e Rapadura divulgam “Baião”
21/09/2021 07:11 em Novidades

Redação Portal Sucesso*

Alok é mesmo um popstar. Com um dos cachês mais altos do show business nacional, a liderança entre os artistas do Brasil com mais ouvintes no Spotify (quase 20 milhões) e convites para festivais e festas ao redor do mundo, o DJ/produtor não faz cerimônias quando o assunto são feats. com outros nomes. Recentemente, gravou com o astro internacional John Legend e com o brasileiro de urban MC Hariel, por exemplo.

Agora, ele promove desde o final de semana uma nova faixa, “Baião” (capa acima), ao lado do cantor e humorista Whindersson Nunes, do rapper Rapadura e do grupo musical Barbatuques. Com influência de ritmos nordestinos, como o forró e baião, a canção fala sobre a importância de se cultivar boas vibrações e energias e exalta a importância e a riqueza da cultura nordestina. A faixa já está disponível em todas as plataformas de streaming e deve ganhar videoclipe até o fim deste ano.

“Estou muito empolgado em poder lançar esta música ao lado de dois caras que são tão talentosos. Whindersson e Rapadura trouxeram um pouco de suas origens neste baião, que espero que chegue com tudo ao público em geral. O resultado está lindo demais e cheio de emoção”, diz Alok. “’Baião’ fala de positividade, bons sentimentos e sobre o Nordeste. Não preciso nem dizer que essa música exala amor por aquela região. Queremos que as pessoas sintam a sinergia que sentimos quando nos encontramos e falamos sobre nós e sobre nossa cultura. O Alok abriu uma grande porta para meu povo conversar com o mundo”, afirma Whindersson. 

“Quis passar com esta letra o valor da nossa cultura, o valor da nossa gente e nossa origem. Quis dizer sobre o quão bela é nossa cultura e levá-la para o mundo, misturar o rural com o universal. Estou muito animado e feliz. Este som já nasceu grandioso. Tem um sample do Barbatuques, um grupo de São Paulo que trabalha com música corporal. Os caras fazem um trabalho genial. E ainda unido ao Alok e ao Whindersson, tudo ficou muito pesado, muito bacana. Creio que a vida nos uniu neste encontro”, diz Rapadura, finalista do Latin GRAMMY em 2020. 

Atualmente, Alok trabalha, entre outros, na produção do seu primeiro álbum autoral e, junto com ele, numa série documental, que mostra a importância de um futuro que valorize as nossas origens. O projeto é inspirado na cultura e influências de sonoridade indígena e conta com a participação de diversos representantes dos povos originários do Brasil.

Ouça “Baião”, com Alok, Whindersson Nunes e Rapadura: 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!