Homem de 33 anos diz que ouviu “vozes do além” e mata o pai a facadas
04/04/2016 09:24 em Brasil

Rubens Fleitas Rodrigues Franco, 56, dono de uma oficina mecânica localizada na área central de Dourados, a 233 km de Campo Grande, foi assassinado na manhã de hoje (4) pelo próprio filho, Renan Lutz Franco, 33. O crime ocorreu em um apartamento nos fundos da oficina, localizada da Joaquim Teixeira Alves com Albino Torraca. Preso em flagrante dentro da casa onde acabara de assassinar o pai com pelo menos cinco golpes de faca no pescoço, Renan disse ter ouvido “vozes do além” e golpeou Rubens até a morte. Os dois moravam sozinhos no apartamento. O homem toma vários remédios controlados por ter distúrbios psicológicos.

De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, por volta de 6h de hoje os vizinhos ouviram gritos. Renan teria acordado e começado a gritar. Por motivos que o próprio autor do crime afirma desconhecer, ele atacou o pai sobre a cama e o matou a golpes de faca.

Uma vizinha chamou ligou para o Samu (Serviço Móvel de Urgência) e quando os policiais chegaram ao local Renan estava trancado na casa e tentou impedir a entrada do socorro. O homem pediu um cigarro e quando foi atendido abriu a porta. Os policiais encontraram Rubens morto e a faca usada no crime estava no local.

Algemado e conduzido para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, Renan Lutz Franco disse que acordou ouvindo vozes e não sabe porque esfaqueou o pai.

Rubens era filho um dos comerciantes mais tradicionais de Dourados, dono da Oficina Mecânica Fleitas, localizada na Rua Albino Torraca, no mesmo terreno onde ocorreu o crime. A Polícia Civil informou que Renan vai ser autuado em flagrante por homicídio e vai ficar preso até a decisão da Justiça.

COMENTÁRIOS