MC Doguinha canta letras obscenas ao lado de adultos desde 9 anos e, aos 12, faz até 13 shows por semana
10/11/2017 05:41 em Brasil

MP do Rio pediu para tirar do YouTube clipe com letra sexual. Outros vídeos mostram que ele é incentivado por adultos a cantar funks eróticos há ao menos 3 anos e hoje faz até 7 shows em uma noite.

Por Rodrigo Ortega, G1

Não é apenas no clipe de "Vem e brota aqui na base", visto mais de 12 milhões de vezes e investigado pelo MP do Rio, que MC Doguinha canta letras obscenas. Outros vídeos mostram que o garoto de 12 anos canta funks sexuais ao menos desde os 9, incentivado por adultos. Atualmente, ele faz shows lotados até 13 vezes por semana.

 
Agenda de outubro de 2017 mostra 13 shows por semana do MC Doguinha, de 12 anos (Foto: Reprodução / Instagram)Agenda de outubro de 2017 mostra 13 shows por semana do MC Doguinha, de 12 anos (Foto: Reprodução / Instagram)

Agenda de outubro de 2017 mostra 13 shows por semana do MC Doguinha, de 12 anos (Foto: Reprodução / Instagram)

Um vídeo publicado em 6 de março de 2014 mostra o cantor, então aos 9 anos, em um evento ao lado de diversos outros adultos e crianças. Ele é incentivado a ir ao palco e se apresenta como "Douguinha do YouTube". Um dos versos da letra que ele canta é: "Bota a camisa na minha cabecinha". O menino é aplaudido no final.

 
MC Doguinha canta vídeos com teor sexual aos 9 anos (Foto: Reprodução / YouTube)MC Doguinha canta vídeos com teor sexual aos 9 anos (Foto: Reprodução / YouTube)

MC Doguinha canta vídeos com teor sexual aos 9 anos (Foto: Reprodução / YouTube)

 

Outro vídeo de 2014 mostra Doguinha em um quarto incentivado a cantar por uma pessoa mais velha. "Canta aí", diz o homem a ele. Os versos são ainda mais pornográficos, como "novinha para de caô e desce logo na minha p***".

 
MC Doguinha canta funk pornográfico aos 9 anos (Foto: Reprodução / Facebook)MC Doguinha canta funk pornográfico aos 9 anos (Foto: Reprodução / Facebook)

MC Doguinha canta funk pornográfico aos 9 anos (Foto: Reprodução / Facebook)

Diversas fotos e vídeos atuais mostram os shows que Doguinha tem feito com o sucesso da música "Vem e brota aqui na base". As apresentações são agenciadas pela empresa carioca Evolution. O G1 entrou em contato com os responsáveis pela empresa e enviou perguntas, mas não teve retorno.

As imagens mostram shows cheios. A empresa tem divulgado semanalmente a agenda de shows do MC. As casas de shows são no Rio ou em municípios próximos.

Apenas no dia 11 de outubro, foram 7 shows divulgados. O roteiro começou em Duque de Caxias, onde mora o menino, e terminou no Centro do Rio, passando por Niterói, Nilópolis e Magé.

"Vem e brota aqui na base" é a música mais popular de Doguinha no YouTube, mas há outras músicas dele no site, como "Quero você - vai empinando" e "Viciei na sua sentada", todas com letras de teor sexual.

Investigação do MP do Rio

Para a 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Criança e do Adolescente da capital, o vídeo de "Vem e brota aqui na base" faz "apologia a práticas erótico-sexuais". O MP disse ao G1, em reportagem publicada na quarta-feira (8), que a conduta fere os princípios da proteção integral da criança e do adolescente e da finalidade social da internet.

 

Os promotores também enviaram um ofício à Legenda Funk, produtora responsável pelo clipe, divulgado em 25 de outubro deste ano, e ao Google para que retirem o link da internet em até 30 dias. Mc Doguinha é morador do Morro do Sossego, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Por isso, uma cópia do documento foi enviada às Promotorias de Infância e Juventude de Caxias.

Na quarta-feira, o G1 também tentou contato com a produtora de vídeos Legenda Funk, com o Google e com a família de Mc Doguinha. Mas até o momento não houve retorno.

 

 
Clipe de MC Doguinha tem 12 milhões de visualizações (Foto: Reprodução/Facebook)Clipe de MC Doguinha tem 12 milhões de visualizações (Foto: Reprodução/Facebook)

Clipe de MC Doguinha tem 12 milhões de visualizações (Foto: Reprodução/Facebook)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!