PSDB deve iniciar ano com 2ª maior bancada e pode se igualar ao PMDB
25/01/2016 08:23 em Brasil

O PSDB deve iniciar o ano legislativo com a segunda maior bancada da Assembleia Legislativa e pode, em breve, se igualar em representatividade com o PMDB. Com a oficialização da filiação do deputado Beto Pereira, marcada para às 14h, desta segunda-feira (25), o PSDB passará a contar com cinco parlamentares e ultrapassa o PT que se mantém com quatro deputados. A previsão é que o ano legislativo de 2016 inicie no dia 02 de fevereiro. A ída de Beto Pereira para o ninho tucano é considerada estratégica, tendo em vista que com isso, o partido do governador Reinaldo Azambuja pode se iguálar no pódio de maior representatividade com o PMDB. Isto porque, o partido, que hoje conta com seis deputados, deve sofrer uma baixa levando em consideração a vontade do deputado Marquinhos Trad, que se diz insatisfeito e deve migrar para o PSD.

A saída de Marquinhos pode deixar marcas no grupo majoritário que hoje é formado pelos deputados Junior Mochi, presidente da Casa de Leis, Eduardo Rocha, Antonieta Amorim e Renato Câmara.

Com a filiação de Beto Pereira, o PSDB ultrapassa o PT, que conta com quatro parlamentares (Amarildo Cruz, Cabo Almi, João Grandão e Pedro Kemp) e a bancada tucana passa a ser composta partir daí por cinco deputados - Ângelo Guerreiro, Onevan de Matos, Flávio Kayatt, Professor Rinaldo e Beto Pereira.

Completam os 24 parlamentares estaduais, os "independentes" Zé Teixeira (DEM) e Lídio Lopes (PEN). Além destes, tem o bloco parlamentar, considerado base de Azambuja, que incluem Barbosinha (PSB), Felipe Orro (PDT), George Takimoto (PDT), Grazielle Machado (PR), Mara Caseiro (PMB) e Paulo Correa (PR).

COMENTÁRIOS