Margareth Menezes mira 'canto da massa' ao lançar samba-reggae de Pierre Onassis para o Carnaval
19/01/2019 06:54 em Música

Por Mauro Ferreira, G1

Um dos melhores compositores da música afro-pop-baiana, coautor de sucessos do grupo Olodum como Berimbau (1992) e Canto ao pescador (1991), Pierre Onassis forneceu para Margareth Menezes um samba-reggae que tem tudo para se tornar um dos sucessos do Carnaval da Bahia neste ano de 2019. 

 

De autoria somente de Onassis, o samba-reggae Canto da massa foi apresentado por Margareth em show no réveillon antes de ser oficialmente lançado em single em gravação produzida por Tito Oliveira com a própria Margareth Menezes. 

 
Capa do single 'Canto da massa', de Margareth Menezes — Foto: DivulgaçãoCapa do single 'Canto da massa', de Margareth Menezes — Foto: Divulgação

Capa do single 'Canto da massa', de Margareth Menezes — Foto: Divulgação 

Dona da voz mais potente e calorosa do universo do som rotulado como axé music, a cantora aquece Canto da massa em arranjo que combina metais e percussão. 

Na letra, Maga – como a artista é conhecida no meio musical baiano – reafirma a conexão com o som afro de blocos como Ilê Aiyê e Olodum, ambos citados nominalmente na letra do samba-reggae. 

Tito Oliveira assina o arranjo de base com Marcelo Galter e o arranjo de metais com Marcelus Leone. O single Canto da massa foi mixado e masterizado por Alê Siqueira. 

Eis a letra do contagiante samba-reggae: 

Canto da massa

(Pierre Onassis) 

Eu sou o canto da massa 

Que por onde passa abala geral 

Vou espalhando sorriso 

Levando tempero, um pouquinho de sal

Eu sou o som que envolve fazendo sua pele se arrepiar

E se você estava triste 

Sou o que faltava para lhe alegrar 

Eu sou o amor

Eu sou amor, eu sou Ilê

Olodum, sou Badauê 

Eu sou afro, eu sou povo

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!