Manifestantes protestam em frente ao MPF em apoio às ações da Lava Jato
18/03/2016 12:29 em Estado

Os protestos contra o governo de Dilma Rousseff, contra o PT e contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continuam em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Lideradas pelos movimentos “Vem pra Rua” e “Acorda Dourados”, pelo menos 50 pessoas se concentraram na manhã de hoje (18) em frente à sede do MPF (Ministério Público Federal), na Rua Major Capilé, área central da cidade. O empresário Cláudio Gaiofatto, um dos líderes dos protestos que acontecem na cidade desde domingo (13), disse ao Campo Grande News que o ato de hoje é para manifestar apoio às ações do MPF. Procuradores da República de outros Estados fazem parte de uma força-tarefa para investigar denunciados da Operação Lava Jato, entre os quais o ex-presidente Lula, o senador Delcídio Amaral (sem partido) e dezenas de outros políticos e empresários brasileiros.

Apoio a Moro – “Viemos aqui, simbolicamente, para dar um abraço e uma salva de palmas para todo o Ministério Público Federal brasileiro, ao juiz Sérgio Moro, que estão fazendo um excelente trabalho. Confiamos na nossa Justiça e a maioria do povo brasileiro espera atitudes para moralizar o país e acabar com a corrupção”, afirmou Gaiofatto.

Segundo o organizador, na tarde de hoje não haverá protesto do grupo, “em respeito aos que vão manifestar em defesa da corrupção”, mas novas ações estão programadas para amanhã.

Segundo o empresário, na semana que vem o movimento deve receber o apoio de comerciantes de Dourados, que pretendem fechar as lojas em apoio ao impeachment da presidente Dilma. O grupo cogita também interditar rodovias na região.

COMENTÁRIOS